Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia
  • Equipe do LBMMS participou do curso “Preparação do laboratório para a implantação de um sistema de gestão da qualidade e formação de auditores internos”

    Publicado em 14/08/2019 às 14:51

    Nos dias 08 e 09 de agosto,  seis colaboradores da equipe do LBMMS fizeram o curso “Preparação do laboratório para a implantação de um sistema de gestão da qualidade (software PNCQ Gestor) e formação de auditores internos”.  Com a utilização do software, o laboratório possui mais uma ferramente para a melhoria contínua e para ampliar a qualidade dos serviços prestados. O curso baseou-se nos requisitos do Sistema Nacional de Acreditação – DICQ, da RDC 302:2005 da ANVISA e da ABNT NBR NM ISO 15.189:2008.

        

    O Curso foi ministrado pela Dra. Andrea Piazza e Dra. Isabeth Gonçalves Silveira (foto), especializadas em implantação de Sistema de Gestão da Qualidade em laboratórios.

     

     

     


  • Participação na 3ª Oficina sobre as estratégias de ampliação do uso e distribuição dos testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C no Brasil

    Publicado em 28/06/2019 às 17:55

    De 14 a 16 de maio de 2019 aconteceu em Brasília a 3ª Oficina sobre as estratégias de ampliação do uso e distribuição dos testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C no Brasil.

     

    O evento contou com 114 participantes que representaram os estados brasileiros e também as capitais e a temática central foi a integração das ações de Vigilância em Saúde e da Atenção Básica, especialmente referente ao papel das equipes de saúde nas ações de testagem rápida, à descentralização dos testes rápidos para as Unidades Básicas de Saúde e a ampliação do diagnóstico com qualidade e eficiência.

     

     

     

    Nos três dias de evento ocorreram várias apresentações, dentre elas, a integrante Renata Rudolf, da Equipe AEQ-TR (LBMMS-UFSC) apresentou o programa AEQ e as evoluções e atualizações previstas para 2019. A apresentação do Programa AEQ-TR e as demais apresentações realizadas durante o evento estão disponíveis no link

    http://www.aids.gov.br/pt-br/profissionais-de-saude/testes-rapidos


  • Testes Rápidos: treinamentos pela Equipe AEQ-TR

    Publicado em 24/06/2019 às 17:46

    Programa AEQ-TR, coordenado pela prof Maria Luiza Bazzo (LBMMS-UFSC), possui foco educacional. Dessa forma, a Equipe é convidada a ministrar treinamentos em algumas instituições para capacitar os profissionais na execução dos testes rápidos e também para expandir as unidades participantes no Programa AEQ-TR.

    Em março de 2019, a Equipe ministrou treinamento para os profissionais da Prefeitura Municipal de São José – SC, no qual houve a participação de cerca de 50 pessoas.

                

     

    Ainda, em maio, foram ministrados treinamento para os profissionais das diversas categorias que trabalham no Complexo Penitenciário do Estado localizado em São Pedro de Alcântara – SC e em junho para as enfermeiras e técnicas de enfermagem da maternidade do Hospital Polydoro Ernani de São Thiago – HU UFSC.

    A capacitação e atualização dos profissionais é muito importante para a qualidade dos serviços prestados. Além disso, a participação no Programa AEQ-TR permite que cada profissional dos serviços integrantes da rede do Ministério da Saúde avaliem individualmente seu desempenho perante a execução de testes rápidos. Além disso, permite que cada profissional reflita sobre os resultados obtidos nas rodadas e, se necessário, aprimore suas práticas, mantendo-se treinado e atualizado, executando corretamente os testes, a fim de produzir resultados confiáveis para os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).


  • Projeto Etiologia das Uretrites e Úlceras Genitais

    Publicado em 28/03/2019 às 15:35


  • Estande 17ª SEPEX: AUTOTESTE PARA HIV

    Publicado em 08/10/2018 às 20:49

     

    CLIQUE AQUI

     

    Acesse o LINK: https://goo.gl/forms/XP0SB9ex0pYjnbOC3

     

    Ou use o QR CODE  

     

     


  • Participação no Seminário Brasil-França 2017

    Publicado em 14/11/2017 às 15:22

    A coordenadora do Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia, a Profa. Dra. Maria Luiza Bazzo participou do 24º Seminário Técnico-Cientifico Brasil-França em IST, HIV/Aids e Hepatites Virais, realizado nos dias 13 e 14 de novembro de 2017, no Rio de Janeiro-RJ.

    Maria Luiza foi convidada para apresentar os resultados da primeira rodada do projeto de vigilância da resistência antimicrobiana das cepas de Neisseria gonorrhoeae circulantes no Brasil.

    A abertura do evento contou com a presença da Diretora do DIAHV Adele Benzaken, da médica do Serviço de Doenças Infecciosas e Tropicais do “Hôpital Saint-Louis”, da França, Nathalie de Castro, e do adido para ciência e tecnologia do Consulado Geral da França no Brasil, Phillipe Michelon.

    Phillipe Michelon ressaltou a importância da continuidade da parceria Franco-brasileira, que se fortalece nesta 24ª edição. “Mais de mil pesquisadores franceses já vieram ao Brasil para intercâmbio e trocas de experiências, e para trabalharem juntos técnico e cientificamente. Afinal, trata-se de saúde pública, e precisamos enfrentar todos os desafios a serem superados no combate às IST”.

    Fonte: Adaptado da Assessoria de Comunicação do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

  • Testagem Rápida para HIV, Sífilis e Hepatites Virais para trabalhadores da construção civil

    Publicado em 11/11/2017 às 10:32

    No dia 10 de novembro de 2017, integrantes do Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia – UFSC, do Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago e da Prefeitura Municipal de Florianópolis participaram de uma ação com foco na “Saúde do Homem da Construção Civil”, integrando o 1º Mutirão Solidário da Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH.

    “A ação nacional organizada pela Ebserh é um mutirão de atendimento de saúde fora do ambiente hospitalar, que visa levar ações de prevenção e promoção da saúde para locais onde as dificuldades de acesso são maiores. A expectativa é atender a populações em situação de vulnerabilidade social, pacientes em espera na fila de regulação, moradores de comunidades com grande distância de centro urbanos, além de creches, asilos, escolas e comunidades diversas. A atividade será realizada em todo o país no dia 10 de novembro e terá a participação dos 39 hospitais universitários federais da Rede Ebserh.” (Fonte: http://www.hu.ufsc.br/?p=4491

     


  • Publicação na Revista da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU)

    Publicado em 01/11/2017 às 11:28

    Publicação na Revista da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU)  relata sobre as estratégias adotadas para o primeiro estudo de Vigilância da resistência antimicrobiana das cepas de Neisseria gonorrhoeae circulantes no Brasil, cujo projeto foi executado no Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia da Universidade Federal de Santa Catarina, sob coordenação da Profa. Dra. Maria Luiza Bazzo.

    *O documento disponível nesta postagem é um excerto da publicação, para acesso a publicação integral: clique aqui.

     


  • Estande na 16ª SEPEX: “Testagem rápida para HIV e Sífilis: Acesso ao diagnóstico por meio de teste rápido”

    Publicado em 21/10/2017 às 9:00

    Na 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC (SEPEX) diversos estandes apresentaram trabalhos e ofertaram serviços para a comunidade. Dentre eles, na área de saúde, o Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia (LBMMS/UFSC) disponibilizou um espaço para que os visitantes pudessem ser testados para a infecção pelo HIV e Sífilis por meio de testes rápidos.

    Entre os dias 19 e 21 de outubro, período de realização da SEPEX foram realizados 690 testes rápidos (345 testes para HIV e 345 testes para Sífilis). Segundo a Profa. Dra. Maria Luiza Bazzo, coordenadora do LBMMS/UFSC, fazer o teste rápido para HIV é importante porque integra uma política nacional de saúde, que pretende identificar até 2020 o maior número de pessoas infectadas pelo vírus HIV e iniciar o tratamento precocemente. Ela ressalta também que hoje o país vive uma epidemia de Sífilis, reforçando a importância da ampliação de acesso ao diagnóstico para essa infecção, permitindo que o paciente possa ser tratado o mais rápido possível, evitando a progressão e transmissão da doença.

    Mais informações na reportagem de Nicole Trevisol/Jornalista da Agência de comunicação da UFSC:

    O teste rápido foi disponibilizado para visitantes com idade superior a 18 anos. Jenn Lopez, estudante do curso de Letras/Espanhol da UFSC foi um dos participantes. Para ele, iniciativas como essas são fundamentais e precisam ser prestigiadas. “Como militante LBGT eu acompanho as campanhas e acho importante para qualquer cidadão realiza-los. Também, acho importante dar margem, estatísticas, para as pesquisas. Nós temos que aproveitar essas oportunidades para dizer que esse projeto é importante e não pode acabar”.

    A oferta de teste rápido para sífilis tem por objetivo identificar os casos e tratar os indivíduos para conter a infecção, que atualmente está evoluindo para caráter epidêmico. Além disso, evita as consequências da sífilis não tratada, incluindo a congênita. No estande haverá a participação de um médico que vai tratar os casos de sífilis e encaminhar os possíveis casos de infecção pelo HIV para realizar o exame de carga viral e atendimento na Rede Básica de Atenção à Saúde.

    O Programa de Avaliação Externa da Qualidade para Testes Rápidos (AEQ-TR) é uma parceria entre o Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde (DIAHV/MS) e o Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia da Universidade Federal de Santa Catarina (LBMMS/UFSC).

    O objetivo do programa AEQ-TR é atuar como uma ferramenta educativa, que visa avaliar como o teste é executado e interpretado individualmente pelos profissionais que estão realizando a testagem.

    Mais informações sobre a AEQ-TR são possíveis de serem obtidas no site: http://qualitr.paginas.ufsc.br

     

     


  • I Encontro do Projeto de Etiologia das Uretrites e de Úlceras Genitais e III Encontro do Projeto de Vigilância da Resistência de N. gonorrhoeae aos antimicrobianos

    Publicado em 15/09/2017 às 11:33

    O I Encontro do Projeto de Etiologia das Uretrites e de Úlceras Genitais e III Encontro do Projeto de Vigilância da Resistência de N. gonorrhoeae aos antimicrobianos teve como propósito: aumentar a rede de sítios de coleta que integram o estudo vigilância da resistência de Neisseria gonorrhoeae aos antimicrobianos; apresentar os resultados da primeira etapa e as estratégias a serem utilizadas na segunda etapa do estudo; apresentar aos antigos e novos sítios coletadores o projeto de etiologia das uretrites e úlceras genitais que será iniciado.

    Para este evento foram convocados os sete sítios coletadores que integraram a primeira rodada do estudo de vigilância da resistência de N. gonorrhoeae aos antimicrobianos e novos sítios com demanda de amostras e que apresentaram interesse em participar do estudo. Também fizeram parte do evento os integrantes do Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia (LBMMS-UFSC) e do Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais/Ministério da Saúde.